Notícias

Acompanhe as notícias recentes do ramo.

Como as empresas podem preparar o local de trabalho para assegurar a saúde dos seus trabalhadores?

Depois de um período de maior isolamento social em função da pandemia do novo coronavírus, foram anunciadas recentemente algumas flexibilizações no funcionamento de estabelecimentos comerciais, industriais e prestadores de serviço. Por esse motivo, é necessário redobrar os cuidados com o local de trabalho para garantir a saúde dos empregados.

Com base nas orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), selecionamos as principais indicações para prevenir a Covid-19 e outras doenças infecciosas: 

  • Limpeza e higienização: uma das as principais formas de contaminação da Covid-19 e de outras doenças são as superfícies tocadas por colaboradores, clientes, terceiros e fornecedores. Por isso, mesas, cadeiras, corrimãos, objetos (telefones, teclados, máquinas, equipamentos de uso coletivo) precisam ser limpos regularmente com pano e desinfetante.
  • Equipamentos de Proteção Individual (EPIs): além dos dispositivos usuais de proteção ao trabalhador, as empresas devem também fornecer álcool em gel e máscaras — de preferência caseiras, para deixar os equipamentos de proteção específicos para os profissionais da saúde.
  • Lavagem regular e completa das mãos: a limpeza mata o vírus nas suas mãos e evita sua propagação. Então, garanta que colaboradores e clientes tenham fácil acesso aos locais para lavar as mãos com água e sabão.
  • Comunique a importância da lavagem das mãos e outros cuidados com a saúde: distribua cartazes, envie comunicados, reforce nas reuniões, ofereça informações na intranet e/ou realize palestras e workshops com orientações oficiais de saúde e segurança ocupacional para promover a limpeza manual correta.
  • Promova a higiene respiratória: lenços descartáveis devem estar disponíveis em diversos locais, assim como lixeiras com tampa. Reforce que pessoas com febre e sintomas respiratórios não devem ir ao trabalho. 
  • Evite aglomerações: possibilite o revezamento das equipes para impedir que muitas pessoas compartilhem um espaço ao mesmo tempo. Garanta ainda que os clientes fiquem a pelo menos um metro de distância e dê preferência ao atendimento agendado. 
  • Adie as viagens de trabalho: para quem tem viagens não essenciais marcadas, o ideal é remarcar ou cancelar, principalmente quem faz parte do grupo de risco.

Medidas tomadas pelas montadoras

Além das ações recomendadas pelas OMS, as montadoras brasileiras procuram evitar o contágio do coronavírus entre os trabalhadores das seguintes formas:

  • Aumentando a frota de ônibus para que as pessoas possam ficar mais distantes dentro deles.
  • Medindo a  temperatura de todos para entrar nos ônibus e na portaria das fábricas. Quem estiver com mais de 37,5 graus de temperatura não pode entrar.
  • Implantando faixas no chão para indicar a distância de segurança.
  • Diminuindo a capacidade dos restaurantes.

Além disso, algumas fábricas tomaram outras providências, como colocar divisórias de acrílico nas mesas dos refeitórios, substituir o self-service por prato feito, instalar divisórias nas pias dos banheiros, disponibilizar recipiente de álcool gel acionado por pedal e portas que podem ser abertas com o cotovelo, entre outras.

Nós, do Rocha Advogados Associados, acreditamos que o acesso à informação é uma das principais armas contra a COVID-19. Vamos continuar cuidando uns dos outros para que tudo volte ao normal o mais breve possível.

Ficou ainda com alguma dúvida? Faça um comentário. Será um prazer responder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *