Notícias

Acompanhe as notícias recentes do ramo.

Venda online para driblar a crise da pandemia. Quais os cuidados necessário nessa área?

O isolamento social, imposto como meio de conter a proliferação do coronavírus, mudou a rotina de todos e afetou a economia do mundo inteiro. O fechamento do comércio, fez com que muitas empresas voltassem os olhos para a tecnologia da venda on-line como alternativa para manter o negócio funcionando.

Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), as vendas do comércio eletrônico brasileiro estão crescendo 30% em média desde o início do isolamento social.  

A inovação tem sido a palavra chave para empresas que querem superar o desafio de continuar vendendo e sendo atrativa para o cliente.

Existem diversas possibilidades de canais de venda online, como por exemplo:

  • Whatsapp;
  • Facebook;
  • Instagram;
  • Site da empresa;
  • Streams de vendas (sites como por exemplo o mercado livre, amazon, ifood, entre outros).

O importante é comunicar-se com o público a fim de agregar valor ao seu produto ou serviço. É essencial estar atento à logística de entrega, para que o produto chegue ao cliente conforme o prazo e em condições adequadas.

É importante estar atento a todas as fases da operação da venda online para que você identifique possíveis falhas e assim possa indicar as soluções evitando, assim, processos jurídicos.

A Lei do e-commerce (venda online) dispõe que o consumidor deve ter acesso à todas as informações sobre o produto, bem como os dados do fornecedor. Além disso, enfatiza a obrigatoriedade de facilitar o acesso do consumidor à empresa, por isso a importância de um canal de atendimento eficaz, que deve dar uma resposta ao consumidor em até 5 dias.

Outro ponto importante é quanto à devolução dos produtos, pois em caso de arrependimento a responsabilidade é do lojista. Em regra, o consumidor deve comunicar a loja em até 7 dias da sua intenção de devolução, contados a partir do recebimento do produto.

Nós, do escritório Rocha Advogados Associados seguiremos compartilhando informações importantes sobre a legislação vigente. Ainda tem dúvida sobre cuidados necessários para vendas online? Entre em contato com nosso escritório, estaremos à disposição para ajudá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *